quarta-feira, 14 de setembro de 2011

POESIA HOJE E SEMPRE

Poemas adquirem um novo significado a cada dia, e outros significados de acordo com as pessoas que os leem. Por isso, encontrar o poema certo no dia certo é um privilégio.

Quando William Blake me disse que, se somos amados, não sofremos, poderia ter parecido uma bobagem sentimentalista. Poderia, se ele não tivesse dito isso na hora certa.

Foi o que o poema abaixo significou para mim, e significou muito. Talvez ele diga algo diferente a você, ou talvez não diga nada.

Talvez o problema seja o poema, mas eu acredito que, se isso acontecer, o errado é o dia. O segredo é continuar tentando.


O LÍRIO
A modesta Rosa exibe espinhos agora:
A humilde Ovelha pôs seu chifre pra fora:
Enquanto o branco Lírio goza feliz o Amor,
Espinhos e chifres não lhe tiram o alvor.

THE LILY
The modest Rose puts forth a thorn:
The humble Sheep, a threating horn:
While the Lily white, shall in Love delight,
Nor a thorn nor a threat stain her beauty bright.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!