domingo, 6 de novembro de 2011

A LITERATURA DA SALVAÇÃO


"São Bento deveria ser eleito o padroeiro dos amantes da literatura grega e romana. No século VI, ele teve a brilhante ideia que permitiu a preservação dos textos antigos na Europa: a de impor sua cópia e manutenção como uma das obrigações dos monges nos mosteiros. Era obra de penitência; cada letra copiada diminuía o tempo no purgatório. Foi esta providência que assegurou a sobrevivência do legado greco-romano durante o longo período da Idade Média."

Thais Rodegheri Manzano, em E se a literatura se calasse?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!